Coragem

"O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de SONHAR, correr o risco de viver seus sonhos.
Coragem é não buscar desculpas para ser feliz!"

Charles Chaplin

Sejam Bem vindos ao blog Horas Interiores!
Agradeço sua presença aqui e aguardo seu comentário.

Paz e Bem,

Rodolfo Andrade

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Vocação




Sem medo de errar o caminho
viajo em disparada
maravilhoso é seguir o espírito
que me guiana caminhada

Levando o amor a toda gente
sentindo alegria em viver
por todo lugar eu caminho
procurando minha vocação exercer

Em harmonia vou com o espírito
procurando a santidade
prometida por Deus a mim
com todo amor e caridade

Louvores dou ao senhor
por ser eu o escolhido
a seguir este caminho
mesmo estando ferido

No sopro da vida ela
vem a vocação a mim destinada
o amor é dom primeiro
para seguir minha caminhada



terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Medo da oração




De longe em passos leves
aquela visão indefinida
que com a ajuda do vento
se torna a preferida

Sem desculpas procura esconder
a verdade agora exposta
com medo da pergunta maldosa
que agora não tem resposta

A fala é gostosa
vai ao vento indefeso
sem freio vai a frente
daquilo que era preso

Não adianta pensar antes
e não querer descrever
o presente não tem volta
o jeito é somente viver

Tentando descrever o não dito
mil ilusões se fazem notar
mas a verdade aqui e agora
só obriga a orar. 



domingo, 4 de dezembro de 2016

FLOR DO CAMPO



A tarde estranha lembra você
as nuvens sua fragilidade
os carros com destino incerto
na lembrança de sua verdade

sua pele macia intocada
faz ver o amor latente
ao sentir sua beleza
satisfaz o ego carente

em seus lábios promovem a paz
do amor verdadeiro esquecido
que procuro, em tudo, sem achar
porque nunca foi perdido

sua mão acaricia no toque
com a sutileza itinerante
causando satisfação perfeita
no ser fraco e errante

há que olhos lindos
no fundo sempre a luz
ilumina e clareia a vida
o amor de verdade produz

queria você só pra mim
na inocência te conhecer
jogar tudo pra cima
no campo te ver florescer.



segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Espírito



De onde vem você?
Que me aumenta a fé,
que me tira o sossego
e não teme dizer quem é

Sem marcas é marcado,
sem pensar em vencer
sentindo-se pleno
esquecendo de viver

De onde vem você?
Calmo e sereno
lindo na luz
que me enche de amor.

Podendo sem temer
correr campos sem fim
a beleza que em ti perdura
exala cheiro de jasmim

Mas de onde vem você?
que busca a vida agora,
que busca sem medo o medo
pois a vida é sem demora.

Perguntas são sem razão
adiante siga a seta
os questionamentos aqui
são coisas de poeta.



quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Sentimento de "Gratidão"




Só Deus que é onipresente
e mostra-me o quanto sou pequeno
desfrutando de um dia perfeito
com seu jeito puro e sereno

A Mãe corrige os erros, com sua doçura
mostra que o amor é maior que a dor
mesmo que a insegurança persista
supera calada qualquer rancor           

Ele me permite caminhar ao seu lado
impuro e mesmo sem ser merecedor
trôpego eu vou sem medo
pois já me fez um vencedor

Os momentos de alegria são tantos
fictícios ou da vida real diferente
humildade é dom de poucos
muitos são tão ricos e tão carentes

Família é a base de tudo na vida
muito mais valioso que prata ou ouro
um sonho que é marcado em toda gente
amigos quem os tem encontra um tesouro



domingo, 20 de novembro de 2016

Sacerdote




Caminha com Deus em confronto com a vida
não teme o desconhecido que ora é revelado
entre todos os desejos  quer cumprir sua missão
mostrando o futuro nem sempre esperado

seu caminho de rosas os espinhos machucam,
os sorrisos de alegria lhe forçam a prosseguir
quando o fardo é pesado e forças lhe faltam
não teme é sacerdote e não pode desistir

um simples obrigado é o reconhecimento
sem impedir o direito do simples prioritário
está contido em todo imaginário que é Ele
o detentor das portas do santuário

na vida ele é amado, por muitos, venerado
homem de Deus ungido de compaixão
vive cumprindo regras e propagando o amor
é simples diferente é forte, é sacerdote.



segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Solo Santo



O que falar a você?
Que seu chão é de chão,
que seu sol esquenta,
que seu vento refresca...?

O que falar de você?
Que sua música é alegre,
que sua voz é doce,
que você acalma...?

Como falar a você?
Com lágrima no olhar,
com a querência que é querer,
ou como se pedisse esmola...?

Quero falar com você mas...
pra que falar com você
se o feito é marcado
e o marcado é guardado...?

Mas porque falar...?
Se agora é “onipresença”,
se Ela me cobre com seu manto
e vivo em Solo Santo.



sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Falta de fé




Sombras perdidas rodeiam
na penumbra da mente fechada
em um dia qualquer
são presença na noite calada

Sem ver o sol astro rei limpo
esperança em mim é trancada
sofro sem ter a presença
da vida que se faz isolada

Fecho os olhos e viajo sonhando
caminho lugares sem fim
me perco na procura
da trilha para bem longe de mim

É dia agora
quem sabe noite
agora é vida
na triste dor do acoite

Passo o agora calado
sem sentir querendo encontrar
mas não me permito nem desisto
se sou cristão o remédio é rezar.



quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Conversa com Deus




Caminha sempre comigo
aliviando a dor do ser
acariciando sem toques a alma
És presença no dia corrente.

Amigo leve e sutil
só quer transmitir a paz
ao meu lado sempre esta
contente com o bem viver

Onipotente como a garça livre
é alegre por ser leal sem cobranças
alvo de tensas mentiras
se mantém audaz e verdadeiro

A vida regras me impõe
adversas a verdade humana
ambicionando “q’sa” a glória
abnegada e mortal de viver

não fraquejo por Sua presença
acalenta a mente agitada
És meu sustento verdadeiro
te dedico minha oração.



domingo, 6 de novembro de 2016

Calvário



O espaço fechado
é marca do hoje,
é sombra de ontem
reflexo da dor

sempre presente
buscando a penumbra
na face resplandece
a vida sofrida

que sem a parte partida
vive escondida
velando os sonhos
sem ter um porque.

Viver o que resta
no meio de tudo
em busca da festa
o espírito é o escudo.



quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Mundo virtual



De manhã ao Japão
em viagem Cultural
pisquei olho Jalapão
de belezas sem igual

No caminho tem a lua
mundo afora sem parar
na manhã que continua
irmão sol a me queimar

Poesia do absurdo
professor sem formação
joga fora tudo pronto
fura olho sem perdão

Espaço que é deslumbrante
este mundo virtual
onde tudo é relevante
é, tudo pode ser fatal

Não tem regra nem tem meta
destino não tem quem faz
nesta viagem louca e indiscreta
que faço em busca da paz.



domingo, 30 de outubro de 2016

Mãe Aparecida





Esta virgem que foi imaculada,
no norte de um estado renasceu,
com louvor pela igreja é venerada,
no leito do rio que apareceu.

Esta mãe pura, a vida sempre acolhe,
busca pacientemente sempre amor
tranquilamente jamais se recolhe
nem sempre ganha na volta louvor.

Pura mãe do Filho do nosso Deus,
rainha que acalenta o coração
que é dona dos mais puros sonhos meus.

Em viagem que por Deus foi concebida
nosso povo caminha em romaria
rumo a basílica de Aparecida.



quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Telepatia






Porque não falar de você?
Que me tira o sono e me acalma
me acalenta na agonia
aliviando sempre minh’alma

você é meu nada com tudo
que enaltece meu dia a dia
trancado calado e mudo
te vejo mesmo sem nostalgia

seu semblante vejo sereno
com perfume da Vênus proibida
com o passar ao passar te sinto
com o cheiro que vem de você

não te toco agora
mesmo assim eu sinto
o sabor do teu beijo aflora
qual gosto dói, favo de mel

sonho mas não te tenho
espero um dia te ter
busco te encontrar
um dia irei vencer.



segunda-feira, 24 de outubro de 2016

A vida é agora






Meu tempo hoje é menor
só tenho a vida agora
que marca a minha estória
sentindo meu coração pulsar.

O ontem já foi, nem lembro,
o futuro já é passado,
o gosto que era bom
passou, ficou marcado?

Seqüelas ficam latentes,
do sorriso que é marca
da dor do outro que sofre
buscando sem encontrar.

Hoje sou mais...
...ou menor que era ontem
de certo buscando viver
a oferta que passa num jaz.

Por isso eu vivo,
não reclamo
só vivo pois:
O futuro de ontem é hoje.
]


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Questionamentos respondidos






Porque poesia
Pelo desejo de sonhar
Pelo gosto da vida
Pelo sabor de amar

Por isso poeta
Que vive o riso
Que caminha sem meta
Buscando o paraíso

Os dissabores marcados
Esquecidos jamais
Alimentos da dita
Enfeitam quintais

Soberano do tempo
Sem antes nem depois
Caminhando ao relento
Quer nem saber “ora pois”

É doido
É profeta
É viajante
É poeta 



terça-feira, 18 de outubro de 2016

Testemunho





Sonho sonhado
Existe sem pretensão
é cultivado com carinho
na vida maltratada

é incontrolável sem porque
vive a lembrança real 
revelada na oração
por Deus senhor do tempo.

O tempo?
É agora
rasga o peito
em viagem sem fim.

O sonho?
Continua mais forte.
Realidade?
A vida.



Face oculta





Proibido é seu sorriso
lindos são seus olhos
verdes azuis amarelos coloridos
que ao sol se fazem mais lindos

você tem a pura beleza
que exala todo seu cheiro
que envia a todos a paz
sempre buscando o bom da vida

seus cabelos alongados
refletem ao sol brilho forte
que reluzem sem igual
mostrando sua realidade

correr sem parar
com rumo desconhecido
sentir só você agora
e viver a conquista

a sua imagem é sem razão
nem tem um porque
pois seu nada é gostoso
e você é sempre você. 



domingo, 16 de outubro de 2016

Eureca



Esta tarde quente me fez ver
que o sonho puro se faz belo
todo instante ele é sempre mágico
mostrando o seu real flagelo

sua voz é meiga e sempre doce
qual sinfonia em dia orquestrado
com beleza de acordes mutantes
que transmitem o meu amado

queria te ter aqui agora
sentir seu amor por inteiro
sentir a paz que reina em ti
ter pra mim o aroma do seu cheiro

te quero para sempre agora
sem medo eu juro te quero 
pois a vida hoje é bem mais pura
se faz descoberta eu espero

Ir?... Pra onde?
Falar?... O que?
Te ver...
É tudo que tenho.




quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Recomeçar



Paro enfrente ao papel
com vontade de escrever algo
só não sei bem o que é
e nem que forma terá

queria falar de amores
daqueles que já tive
dos que eu tenho
e até dos que terei

quem sabe da rosa em botão
da gota de chuva pingente
do sol escondido por nuvens
até do acorde desordenado

paro e olho sem ver
escuto o som inexistente
sinto o que não faz sentido
e vivo levando a vida

Parei perante a folha
falei de amor e amores
olhei e vi o horizonte
por traz da vida.



segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Il dolore caldo










A neblina que inicia o dia

trazendo na brisa o seu cheiro

que embriaga e causa nostalgia

pois guardada estava em seu roteiro



agora dói bem dentro do peito

esta dor que constrói a verdade

por um ato já feito e refeito

é desta dor que vem a saudade.



Eu bem queria estar ao seu lado

ouvir sua voz me dizendo:  “AMORE”  

e decifrar seu olhar parado.



Em um estalo surgiu assim

a saudade que agora é um fato

e se alojou calada em mim.





terça-feira, 4 de outubro de 2016

Encontro






Sonhos
passagens
viagens que marcam

A glória
a vitória
sentida na vida

Com coragem
a imagem
busco aqui em ti

Te amar é o lema
te busco em tudo
em todo lugar

Quero com gosto
peço-te agora

MOSTRA-ME TEU ROSTO.



sábado, 1 de outubro de 2016

Divagações




Caminho na noite
o sonho é sem fim
o belo tem gosto
sabor, quero mais

O vento que sopra
com som devaneio
é parte partida
pois sono não veio

Perdido consolo
a mancha que fica
o doce é amargo
querências guardadas

O sonho passou
ficou a saudade
e só piedade
impede a maldade



quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Revelações







Esta ai Deus?
E o sorriso se fez,
o sonho esta se realizando...,
e a solidariedade ...?

Deus é presença marcante,
no gosto de viver em comunidade,
no cansaço que se faz viajante
em cada força que brota.

Como é bom sentir Sua presença
no agora, no néctar sagrado,
no abraço bem apertado,
até no irmão que não era esperado.

O resultado, vida...
a Ele toda a glória
Deus em tudo é perfeito
 hoje só vitória.



domingo, 25 de setembro de 2016

O que É ?



A vida é sem conta
sonha a sua história
passado de ponta
que vive a memória

Degusta o sabor
nem sempre tão doce
amargo tem dias
como se fel fosse

A vida é real
preto e branco a cor
sem falta do sal
prevalece o amor

Não teme um nada
vai sempre na frente
é carta marcada
é vida e semente

Na busca eterna
o nada tem tudo
vivencia fraterna
se Deus é escudo



quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Reparo



Vem como fogo
que arde na alma
conforta e alegra
o fundo do ser

De forma serena
a dor desaparece
verdade concreta
o seu amor cura.

No passo
o compasso
me refaço
em Deus.



quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Gratidão?



A passo curto caminha sem medo
ilusão de um futuro sem fim
tem a dor que é presa no peito
latente buscando o puro perdão

Sonega a verdade por pura idolatria  
manchada de sangue que ora é verde
por puro deboche sem a cor da vida
parte perdida sem ter um porque

É pura puritana fingindo-se fraca
metade sem graça metade perdida
querida na hora pois busca sem ter
o gosto bem doce de ser o que é

Em certo momento foi vida
sem poder viveu de longe sentiu
a pura beleza tem tom de melindre
gratidão é difícil a vida é agora.