Coragem

"O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de SONHAR, correr o risco de viver seus sonhos.
Coragem é não buscar desculpas para ser feliz!"

Charles Chaplin

Sejam Bem vindos ao blog Horas Interiores!
Agradeço sua presença aqui e aguardo seu comentário.

Paz e Bem,

Rodolfo Andrade

sábado, 27 de abril de 2013

Espera sem fim



No passo mal dado
sorriso é velado
o grito é guardado
futuro é esperado

ficar só sentado
no canto calado
é Porto sem fado
aqui sem passado

no jogo de dado
é tudo esperado
no corte o machado.

Pois ficar ao lado
campo não arado
perdi meu achado.

Renasce a luz



Um ponto na escuridão
caminhas dando vida sempre,
o seu brilho surge inibido
e aos poucos vai aumentando

até atingir o ápice total
e a luz completa surgir,
aquela que faz os olhos brilharem
e a alegria somente sorrir.

Através do cristal consigo ver
a sua grande beleza pura
o candelabro se divide
parecendo gotas marcadas em mim.

Um certo ar misterioso te envolve,
o brilho do olhar ofusca,
na imensidão do mar, lá longe,
posso ver seu brilho real.

Na o sol clareia o mar,
a sua imagem refletida,
no brilho sua beleza angelical,
na rocha sua presença esta contida.

A força que emana do vento
inspira a total sabedoria
que hoje mais que ontem
faz brilhar minha alegria.    

Beijo que acalma



Em dia de dor alivia
com o seu suave sabor
buscando o carinho seu
guardado no lábio meu.

Na alegria só faz o bem
alvejando o coração
de glórias a mais de mil
fazendo-se bem servil

É canção sem melodia
para sempre se amar
e agir sem covardia

No jardim te quero sim
ao som de um puro solfejo
que virá num puro beijo.

Tão longe



Vivo sempre te procurar
pela vã vida e muito além
um dia sei que vou encontrar
você que sempre fui refém.

Seu jeito doce, frágil, sério
não vejo sempre entre este povo
mais um dia sei te encontro
para viver-mos o amor novo.

Eu sei que um dia você volta
por isto eu jamais descanso
sem muita demora a escolta
vai defender seu balanço.

Sem você é tudo vazio
fico sem um ideal
espero o corpo macio
que chegará ao arrebol.

Tudo em você eu sei que quero
corpo, andar, o momento
mas você vive lá, tão longe
só me resta agora o lamento.

Tenho certeza



Na tarde fria que passa
com a garoa vem caindo,
o céu coberto de nuvens
sinto a saudade surgindo.

Pessoas que vão pra lá,
o carro ali perto vem,
o dia chuvoso se passa
penso eu vivendo, para quem?

O bêbado logo passa,
cambaleando sem cair
sem você aqui do meu lado
o jeito é mesmo sorrir.

Bate-papo vai alegre
na calçada vai rolar
eu sentado na varanda
vendo a vida só passar.

A tarde já vai embora
e a noite vai aparecer
mais uma noite acordado
na esperança de te ver.

E a voz se fez




Formada na mente caminha só
flexão verbal usada como início
sem a força não sente viaja é pó
impede o caminho segue em solstício.

É pura magia sentida lá dentro
em coro ou solo de fino saber
busca harmonia marcada no centro
impede a dor, que é mais forte, vencer.

Enche os pulmões de sabor agridoce
fluxo vital expulso é pelo septo
formando os pulsos como se som fosse.

Músculo laríngeo sofre é burguês
só seleciona, regula seu tom

de todo um conjunto que a voz se fez.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Perfeita



Mágico é seu lindo colo
marca que logo se vê
na mente vaga, caminho
                               pensando em ter você.  

Nos olhos a magia
aquela do "ser ou não ser"
na pele o gosto é agridoce
de mulher que busca vencer.

Tens o delírio no olhar
o gosto de Vênus em ser
Afrodite inspira-se em ti
para iluminar o prazer.

Lua magistral és da noite
ilumina a noite sem fim
busco em você o horizonte
que nunca foi encontrado.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Lugar diferente



Meu refúgio, meu recanto
um lugar onde o sol brilha
pessoas vão pra lá, pra cá
e vivem como uma ilha.

Seu lema de vida é a paz
as árvores são mais verdes
sua gente bem diferente
e nas praças mais amores.

Teus rios têm águas claras
lindos trens e maquinistas
amendoeiras, rapadura
canas a perder de vista.

Tem até prédios bem altos
e bonde como condução
teu povo é acolhedor
e cheio de amor no coração.

Admirando você daqui
vejo como é servil
parece um mundo novo
todos te usam meu “Brasil”.

Romeu e Julieta tupiniquim


***Este poema que tem a forma de um soneto, foi construído a partir de uma breve pesquisa sobre a importância da Aldeia maracanã. Segue em anexo o ponto da pesquisa: http://www.defender.org.br/rj-museu-do-indio-casal-indigena-revive-drama-de-romeu-e-julieta/


A história que vem de duas tribos
justo aqui encontrou o seu abrigo
Kaiapó e Kalapalo inimigos
tem na busca vencer este castigo.

Capitão é bravo e de futebol
guerreiro que é forte e muito capaz
ela é líder busca no pai farol
a benção tão esperada pra paz.

O líder da aldeia maracanã
em seu posto foi só mediador
tentando reunir todo o seu clã.

Para não haver a grande guerra
tentam de tudo para se entender,
Maracanã? Ironia...vai por terra?

quarta-feira, 3 de abril de 2013

SER DIFERENTE É NORMAL



É marca da vida
o sonho sem sono
o sabor vigiado
se torna enfadonho.

A vida é mais vida
mesmo a diferente
nem tudo é igual,
só é contra corrente.

Visto ao derredor
nada é mesmo normal
cada um, seu valor
para ele é real.

Respeito é o que quer
e nada de dó
a luta bem mais
e o “pré-juízo” é pó  

Mundo dos sonhos



No sonho viajamos
para lugares no além
quando fazemos o jogo
temos tudo que nos convém.

O sonho é lugar indefinido
onde se pode viver
lá em qualquer jogo
é você que vai vencer.

Lá nada se teme,
se pode até mudar o futuro
lá é onde sempre se ganha
e se cobre qualquer furo.

O mundo dos sonhos é assim,
um lugar maravilhoso,
um lago puro de amor,
um espaço sem igual.

Por isto viva sonhando
e em sonhos seja feliz
lá se começar a perder
não tema: volte a sonhar peça bis.