Coragem

"O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de SONHAR, correr o risco de viver seus sonhos.
Coragem é não buscar desculpas para ser feliz!"

Charles Chaplin

Sejam Bem vindos ao blog Horas Interiores!
Agradeço sua presença aqui e aguardo seu comentário.

Paz e Bem,

Rodolfo Andrade

sexta-feira, 22 de março de 2013

Nas viagens de fantasia



Sobe morro
desce barranco
pula cerca
caminha doidão.

Maltrata a natureza
castigando seu corpo
finge ser forte
na busca da sorte
pensando bem alto

Comida pra que
beleza é a luta
na hora da morte
fez o que pôde.

Falar papagaio
é mestre de tudo
repete o dito
mas preso a gaiola

Errado não era
simples mortal
viveu para o mundo
e esqueceu de viver.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Minha homenagem ao dia mundial da poesia - Razão


No dia revolto,
no marasmo da labuta
adentro ao íntimo da íris
e me vem a imagem da bela.

Contada em verso e prosa
marcando presente e passado
és sombra seqüela de ontem
viagem que busca a vida.

Macia de sem pena navega
em mares d’outrora revoltos
com soltos pensamentos
para viagem que nunca tem fim.

Sentimento inebriado
sorte ou pura magia
vivo hoje marcado

pelo dogma da poesia.   

Pecado



Sem medo vem você,
seu grito é forte
a caminho do norte
seguindo em frente
chegando onde quer.

Quando passa não vê obstáculos
imaginando ser único no universo
o choro da criança não vê,
nem a dor da mãe que acolhe
únicos são seus vernáculos.

Abala com tamanha violência
com toda vil brutalidade
como dono da verdade
se acha a único com certeza
destruindo a beleza.

E vai seguindo feliz sem dor
a imagem que é conceito
seu tesouro a maldade
com que consegue o que quer
apenas pelo despeito.

Espero que sem demora
siga seu rumo sem fim
partindo sem deixar rastro
um que seja de verdade
vai pra longe tempestade.   

sábado, 16 de março de 2013

Homenagem à Petrópolis - Bela vista de Petrópolis - Soneto


Cidadezinha bem no auto da serra
aconchego do sol, recanto da lua
tens clima gostoso, pura é sua terra,
maravilhoso este amor que em ti flutua.

Este verão daqui é deveras quente,
no inverno é molhado, úmido e frio,
mas outono aqui hortênsias até brotam
como é linda a visão do teu belo rio.

Teus recantos naturais são amorosos
não há neste mundo outros que são iguais
tem museu, tem cachoeira, tem pardais.

Aqui a natureza vive tranquila
não se vê a presença pobre do mal
te amo linda cidade imperial.

Dia da poesia



          Pura e grandiosa é sua magia
    Onipotente surge da pena
          Entre dor ou simples nostalgia
           Seu calor forte não tem medida
Indiferente nunca será
              A menor ou mais simples poesia.

E a imagem se fez



Encanto
magia
tristeza
alegria.

Reflexo
latente
sombra
veemente.

Textura
revela
corres
congela.

Marca
magia
vida
fotografia.

Gritos



A poesia desta hora é um grito.
nada que se possa acalmar
com versos...
E explicar o que sinto.


Revi tuas fotos,
todos aqueles desenhos feitos pela casa,
o espelho grande, agora quebrado 

e aquele pássaro sem asas.

Notei que em cada canto...
Cada canto espalhado deste universo,
há mais que o amor
que mereço.

Esses cantos que guardam os gritos
marcados na dor da tua ausência
verdadeiras obras de artes em meu coração
que a nossa vida não faz, mais referencia!

De Magela/Rodolfo Andrade

terça-feira, 12 de março de 2013

Góticos



O grito em meio à multidão
é uniforme, é marcado de dor, 
é indiferente ao mundo podre
e livre por ser puro.

Hoje ecoa nas sombras
esperando de perto o fim
ressoa ate as profundezas
mefistófeles sorri.

Entre fétidas palavras
encontra o silêncio
sombrio podado do ser
amargurado em gotas de sangue.

Bruxos, feiticeiros macabros
ramificam o amor incondicional 
formando outra forma de fim
pois somos, anjos viajantes da noite.

Ilusão



Existe um só grito
um jeito perfeito
a força e direito
que vira um mito.

No amor não sentido
guardado no ser
um simples gemido
que impede de ter.

Quando a voz trancada
na marca da estrada
caminha no além.

Devaneios são muitos
buscando omitir
o dom de iludir.

Dissabores



Entre cantos vem
doce esta surgindo
fazendo refém
e o amor se partindo.

Lembro o dissabor
dos sonhos atroz
que marcam a voz
distância do amor.

Refresca meu dia
somente esquecer
a manhã que é fria.

Só busco consolo
no bom que ficou
o resto passou.

sábado, 9 de março de 2013

A reviravolta



Um sonho perdido jaz calado
me dói sem parar aqui no peito
ter você aqui bem ao meu lado
me impede de ver qualquer defeito.

Você longe impossível querer,
te quero agora bem ao meu lado
contratempos não quero viver
por você meu grito é calado.

Conto todos os dias, meses e horas
que até dilacera meu ser
mas na verdade vejo que choras.

Com sua volta me ponho a sonhar
querendo você linda pra mim
vem, não quero jamais esperar.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Marca registrada - Dia Internacional da Mulher



Hoje o dia sensível se faz nobre,
o amor já se faz beleza em mim,
a soberba se faz bem mais pobre
e a discriminação é só fim.

Os gritos de dor são bem ouvidos,
a opressão parece ato vencido,
mulher, busca em todos os seu sentidos
a força para vencer o acontecido.

Na dor teu sorriso tem que existir,
mesmo com seu coração sangrando,
no ato razão pra progredir.

Tem a força invisível qualquer
vence sempre toda contra mão
linda menina, criança, mulher.


XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


A mais linda é a rosa
bem e mal me quer
dita em verso e prosa
decifra a mulher.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Amor louco



O sol vem surgindo por traz dos montes
mas um dia começa feliz agora,
sem te ter comigo crio horizontes,
caminho seguindo destino afora.

Tudo vai ser mais que bom
se você chegar aqui sem demora
a natureza entoa seu lindo tom
que vem fazendo feliz mundo afora.

Você é o sol que ilumina meu dia,
a fresca gostosa da minha tarde,
como a lua da minha noite tardia.

Você não tem mais como ser só luz
meu mundo, meu tudo que vive aqui
tesouro precioso que só reluz.

terça-feira, 5 de março de 2013

Como é lindo seu balanço



Com toda certeza de te querer
viajo com destino já traçado
esperançoso de agora viver
o dia de hoje somente ao seu lado.

Magistral balanço sei você tem
ziguezague perfeito a viajar
vira cabeças sempre quando vem
deixando a mente somente sonhar.

Sem medo o corpo se faz bem mais forte
e busca o sentido que se faz vida
de tudo aquilo que é causa de morte.

É vida, é sabor tudo que é sentido,
é somente querer a liberdade
para viver o que não foi vivido.

segunda-feira, 4 de março de 2013

Sonhos de Março



Sonhos são perdidos pelas nuvens
partidos em gotas de carinho
sentidos pós toda eternidade
marcado na pele com beijinho.

A ternura que de ti exala
tem cheiro bom de fruta no pé
tento mas não consigo beijá-la
nem mesmo saber quem você é.

Espero você mesmo sem te ter,
com esperança você virá,
vai trazer o amor e sem sofrer.

Alegria total será paz
o dia em que você chegar
trazendo tudo, tudo e bem mais.

Quebra cabeças



Sorriso espontâneo
em forma perfeita
é contemporâneo
e a família estreita.

Palavra que acalma
feliz contagia
sossega minha alma
a sua alegria.

Diferente achado
no meio do povo
que estava guardado.

Surpresa e magia
nunca são opostas
cultura é poesia.

domingo, 3 de março de 2013

Hora de dizer não



Segredos sempre estão guardados
esquecidos pelo simples fato de ser
não temem nunca a dor que deixaram
indiferentes, vagantes eles tentam vencer.

Grita o direito é teu
educação, sexo, liberdade
abaixo os podres opressores
que impedem o direito a verdade.

Em vozes aos milhares partiremos
buscando um direito umbilical
sem medo, pois nem sempre conseguimos,
impotentes contra o poder maioral.

Pacífico nosso grito é uno,
pois hoje só temos saudade,
na busca do que é só nosso
a tão falada liberdade.

Baixo astral



Sorrir por imposição da vida
viver em tristeza constante
passar dia após dia alegre
machucando o coração amante.

Porque não vem agora
pra que adiar o saudável
a coisa pior da vida
é adiar o inevitável.

A vida é traiçoeira
mas só vivendo se aprende
viver com toda força
e sentir que a dor é passageira.

Não se deve parar
muito menos voltar atrás
se deve enfrentar a vida
e esquecer a lágrima sofrida.

O futuro tem seus descaminhos
e também suas desilusões
triste é quem não ama
e nunca teve suas paixões.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Meditação



Manter berço esplendido
sem ter por onde ir
é buscar a força
querer só sorrir.

Viajem feliz só
passo ao infinito
poeira sem teu pó
traduz-se em meu grito.

Que ecoa bem longe
mensagem sem fim
é tempo de monge.

Marca forte de alma
fundida no ser
acolhe e acalma.